Segurança do Trabalho - Palestras Amputados Vencedores

Contato

facegpluspinterestinstalinkedinyoutubetwitter

livros-download

Quem Somos

Este site foi criado com o objetivo de repassar informações sobre diversos assuntos para pessoas com deficiência, tais como segurança, legislação, direitos sociais, tipo de próteses, amputações, artigos diversos, depoimentos, segurança no trabalho, entre outros temas.

Nesse site é possível trocar experiências e divulgar situações vivenciadas pela pessoa com deficiência, especialmente a pessoa amputada.

Palestras Sobre:

  • Segurança do Trabalho
  • Palestras Sipart
  • Amputações
  • Histórias

Palestras Segurança do Trabalho

Segurança do trabalho

Guerra no Iraque faz Pentágono investir em próteses biônicas

em Quarta, 03 Julho 2013. Postado em Tecnologia e Prótese

Guerra no Iraque faz Pentágono investir em próteses biônicas

Guerra no Iraque faz Pentágono investir em próteses biônicas

A Guerra do Iraque é um atoleiro para as Forças Armadas dos EUA. Desde a invasão do país em 20 de março de 2003, morreram até hoje, 27 de abril de 2007, exatos 3.337 militares americanos - sem falar em mais de 62 mil civis iraquianos. O total de feridos americanos soma 26.188. Entre as baixas, que se acumulam dia após dia, já são mais de 500 os militares dos EUA com membros amputados. Segundo a revista Time, “a perda de membros é duas vezes mais freqüente no Iraque do que em qualquer outro conflito do século passado, exceto o Vietnã”. Entende-se daí por que a DARPA, a agência de pesquisas do Pentágono, investe no programa Prostética Revolucionária: a meta é simplesmente criar um novo padrão de próteses que restabeleçam as funções e a percepção sensorial do membro biológico amputado.

O novo braço biônico (Johns Hopkins University Applied Physics Laboratory)

O primeiro resultado concreto da iniciativa foi anunciado hoje. Pesquisadores do Laboratório de Física Aplicada da Universidade Johns Hopkins, no Estado de Maryland, desenvolveram o modelo de uma prótese de braço que pode ser controlada naturalmente. Ela vem com sensores que permitem a movimentação com até oito graus de liberdade – um nível de controle muito superior ao atual estado de arte das próteses. O implante cirúrgico da prótese envolve a transferência de nervos residuais do membro amputado para regiões próximas do ferimento. Este procedimento, de acordo com seu criador, o Dr. Todd Kuiken do Instituto de Reabilitação de Chicago, possibilita um uso mais intuitivo do braço prostético e possibilita uma sensação natural de toque, pegada e pressão.

Jesse Sullivan empilha copos com sua prótese (Rehabilitation Institute of Chicago)

Durante os exames de avaliação clínica, um paciente de Kuiken chamado Jesse Sullivan demonstrou uma melhoria substancial no manuseio de objetos, como a habilidade de dobrar o polegar sintético em diferentes posições. Ele conseguiu igualmente remover um cartão de crédito de dentro de um bolso e empilhou dez copos controlando a força da pegada através do retorno sensorial emitido pela prótese ao seu cérebro.

Jesse manipula uma moeda (Rehabilitation Institute of Chicago)

Os engenheiros e médicos da Johns Hopkins já trabalham num segundo protótipo, que deve estar pronto em meados do ano. Ele terá mais de 25 graus de liberdade, além de força e velocidade que se aproximam das capacidades de um membro humano. Não bastasse, o segundo modelo terá 80 sensores para transmitir ao cérebro dos usuários sensações de toque, temperatura e movimento. “A Universidade Johns Hopkins e a DARPA estão unidas na missão de aperfeiçoar a tecnologia e a qualidade de vida dos nossos combatentes feridos”, diz o Dr. Stuart Harshbarger, que lidera o programa Prótese Revolucionária na Johns Hopkins.

O paciente exibe destreza com um jogo de fichas (Rehabilitation Institute of Chicago)

Ao passo que avança a bioengenharia e a informática, posso imaginar um futuro muito próximo repleto de ciborgs. Se ainda em 2007 uma prótese de braço irá se aproximar da destreza da sua equivalente humana, quanto tempo vai levar para que esta seja ultrapassada? Já pensou uma mão biônica capaz de esmagar bolas de boliche? Ou pernas biônicas para saltar muros de dez metros de altura?

Visualizações

3509

Comentários (0)

Deixe um comentário

Você está comentando como visitante.

Apoiadores - Palestras Segurança do Trabalho | SIPAT

  • logo-banner-ttg
  • logo-pedra-da-ilha
  • logo-sipat-show

Amputados Vencedores Segurança do Trabalho - Palestra Sipat

Palestras sobre segurança no trabalho Flávio Peralta

Segurança do Trabalho

Cursos Segurança do TrabalhoClínica Veterinária em Londrina

Entre em contato

Fone (43) 3338-1791

Fone (43) 3028-1791

Celular (43) 9997-6275 WhatsApp

Londrina - Paraná - Brasil

e-mail flavio@amputadosvencedores.com.br .

Redes Sociais

gpluspinterestinstalinkedin

twitterfaceyoutube

Assine Newsletter

logo-rodape 

Topo da Página