Segurança do Trabalho - Palestras Amputados Vencedores

Contato

facegpluspinterestinstalinkedinyoutubetwitter

livros-download

Quem Somos

Este site foi criado com o objetivo de repassar informações sobre diversos assuntos para pessoas com deficiência, tais como segurança, legislação, direitos sociais, tipo de próteses, amputações, artigos diversos, depoimentos, segurança no trabalho, entre outros temas.

Nesse site é possível trocar experiências e divulgar situações vivenciadas pela pessoa com deficiência, especialmente a pessoa amputada.

Palestras Sobre:

  • Segurança do Trabalho
  • Palestras Sipart
  • Amputações
  • Histórias

Palestras Segurança do Trabalho

Segurança do trabalho

Rebeca Pierri: vencendo limites

em Sexta, 20 Janeiro 2017. Postado em Noticias | Deficiência e Amputação

Dentre os vários problemas de formação que uma criança pode ter ainda no ventre da mãe, destacamos a má formação da coluna e a hidrocefalia. Em alguns casos, uma ou mais vertebras podem nascer abertas podendo ocasionar diferentes consequências. No caso da jovem Rebeca Pierri foi a última vertebra que nasceu aberta, afetando os movimentos da cintura para baixo. Os pais souberam que ela nasceria com esse problema, ainda na gestação. “Eles ficaram assustados e nervosos, pois não sabiam como iriam lidar com isso, minha mãe chorou muito, mas também orou muito a Deus pedindo forças e ajuda e Ele deu forças para suportar tudo isso!”. Quando Rebeca nasceu, ainda com 6 dias de vida, teve que fazer a primeira cirurgia da coluna e depois com 12 dias foi realizada a segunda cirurgia para colocar uma válvula na cabeça, pois também nasceu com hidrocefalia. A hidrocefalia é o acúmulo de líquido dentro do crânio (conhecido como água na cabeça) e que leva ao inchaço cerebral. Depois dessas ocorreram sucessivas cirurgias como no pé, joelho, coluna novamente e a mais recente foi a troca da válvula na cabeça que já não estava funcionando e causava muita dor.

hidrocefalia gestaçao superacao

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


“Desde pequena, sempre fiz fisioterapia para ajudar a fortalecer os ossos e até já cheguei a andar com ajuda de aparelho e muleta, mas, por conta das inúmeras cirurgias que fiz, acabei perdendo tudo que havia conseguido e, por isso, optei por andar em cadeira de rodas, mas isso não me impede de fazer nada!”

Sorrir sempre. Seguir sorrindo mesmo diante de uma escada.

cadeira de rodas motivaçao

O apoio dos familiares foi essencial para que Rebeca se sentisse bem e mesmo na cadeira de rodas pudesse ter uma vida mais independente. Quando pequena morou num apartamento, no qual não tinha como se locomover com a cadeira de rodas, mas ela não deixava nada a impedir e se locomovia sozinha e se rastejava no chão. Aos sete anos mudou com os pais e a irmã de 13 anos de idade, para uma casa onde tudo é adaptado, “Tenho um banheiro muito bom e as portas são bem grandes, onde dá pra eu passar tranquilo. Os degraus foram substituídos por rampas, ou seja minha casa é toda adaptada!”

O que Rebeca faria sem sua família? A mãe Kátia, o pai Rafael e a irmã Rafaela estão ao seu lado nos diversos momentos a serem enfrentados. Amar é a grande chave da vida!

superação cadeira de rodas hidrocefalia

 Rebeca relata que nunca teve problemas com bullying, nem na escola, nem na igreja. “Sempre foram muito acolhedores comigo; sempre me incluíam nas suas atividades e brincadeiras. Até brigavam entre si para ver quem ia empurrar minha cadeira.” Quando não podia participar de algo, nunca a deixavam sozinha!

Hoje cursa o primeiro ano do curso de Letras Vernáculas na Universidade Estadual de Londrina (PR) e onde afirma que irá aprender a ser professora e escritora. “Lá, tenho amigos que, Deus, colocou em meu caminho, que me ajudam no que eu preciso, sempre me alegram e fazem com que eu me sinta como se eu não tivesse "problema" nenhum!”.

Também vivenciou o famoso trote quando passou no vestibular. Nada de diferenças!

pessoa com deficiência superaçao

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Atualmente Rebeca Pierri está em seu primeiro emprego numa grande multinacional, após um ano de espera para a vaga, e afirma que está sendo uma experiência totalmente nova e um ambiente muito diferente. “Estou gostando e desde o primeiro dia já me senti super bem, todos me receberam e me acolheram de uma forma extraordinária e estão sempre dispostos a fazer o que for preciso para que eu me sinta bem e à vontade!”

E que tal cantar? 

rebeca pierri sem limites

Hoje, com quase 20 anos de idade, mostra que algo que era impossível para os médicos, foi possível com fé e amor. Diz que mesmo depois de passar por muitas lutas, provas e dificuldades venceria com a ajuda de Deus e de todos a sua volta. Ela encerra nossa entrevista dando um conselho a todos nossos leitores:
“O conselho que eu dou é para aqueles que têm o mesmo problema que eu parecido. Nunca desistam de nada se tiverem um sonho. Lutem, persistem e nunca desistem e claro, confiem muito em Deus, pois é somente com a ajuda Dele que podem alcançar todos os nossos objetivos e sonhos. Vão ter dias em que tudo parece estar impossível de se resolver, tudo parece estar desabando, mas, Deus nunca nos dá nada que não possamos suportar. Eu, por mais difícil que seja, sempre corro atrás, luto e nunca desisto das lutas e dificuldades, pois sei que se Deus permitiu, é porque Ele sabe que sou capaz de vencer. Como fui até hoje! Ele é o que nos levanta e nos dá forças para continuar e claro, coloca pessoas em nossa vida que nos ajuda a superar todas as barreiras! Então, creiam no melhor de Deus para suas vidas, creiam que Ele sempre estará ao seu lado e nunca os abandonará, assim como nunca me abandonou e nunca falhou!”

Fazendo palestra sobre Inclusão em escolas. Muita história para contar sobre esse tema tão importante.

superacao hidrocefalia

Fica nossa reflexão. Aos pais que não percam a esperança quando recebem um diagnóstico ruim de seu filho e que tenham forças para lutar pelas suas crianças. E a cada pessoa que imagina ser o fim de sua vida ao estar em uma cadeira de rodas deixamos a seguinte mensagem: “a limitação de seus movimentos não podem limitar seus sonhos! Como afirma C.S. Lewis, “Dificuldades preparam pessoas comuns para destinos extraordinários.”

Entrevistada por Ana Vitória Franco (colaboradora do Amputados Vencedores)

 

Visualizações

2910

Comentários (2)

  • Tarline Francie Manfroi Groth Rocha

    Tarline Francie Manfroi Groth Rocha

    11 Fevereiro 2017 às 04:29 |
    Tremendo. Exemplo querida e.. Superação.
  • severino omena

    severino omena

    13 Fevereiro 2017 às 13:02 |
    rebeca q sofrimanto q foça de vontade q vontade de viver q linda superaçáo vc é uma guerreira uma vencedora parabéns amiga

Deixe um comentário

Você está comentando como visitante.

Apoiadores - Palestras Segurança do Trabalho | SIPAT

  • logo-banner-ttg
  • logo-pedra-da-ilha
  • logo-sipat-show

Amputados Vencedores Segurança do Trabalho - Palestra Sipat

Palestras sobre segurança no trabalho Flávio Peralta

Segurança do Trabalho

Cursos Segurança do TrabalhoClínica Veterinária em Londrina

Entre em contato

Fone (43) 3338-1791

Fone (43) 3028-1791

Celular (43) 9997-6275 WhatsApp

Londrina - Paraná - Brasil

e-mail flavio@amputadosvencedores.com.br .

Redes Sociais

gpluspinterestinstalinkedin

twitterfaceyoutube

Assine Newsletter

logo-rodape 

Topo da Página